Psicologia

Psicologia FACEX: um curso que possui um amplo mercado de trabalho e oferece várias oportunidades de emprego nos setores da saúde, educação e social, sendo notadamente uma das profissões que mais se destaca no país. Não perca esta chance de crescer pessoal e profissionalmente!

A Psicologia tem se consolidado como um campo de conhecimento científico, inserido definitivamente no mercado enquanto uma profissão que presta um serviço pertinente e importante para a sociedade nos mais variados campos de atuação do homem moderno (organizações, escolas, hospitais, empresas, sindicatos, organizações comunitárias etc). O Curso de Psicologia da FACEX possui uma proposta de formação atualizada com base nas seguintes especificidades:

  • Aulas práticas vivenciais desde o 1º semestre;
  • Possui um Serviço-Escola que oportuniza o desenvolvimento de competências e habilidades psicológicas para além da atividade clínica;
  • Única que possui um Programa de Acompanhamento ao Egresso;
  • Ampla possibilidade de inserção no mercado de trabalho, através de duas Ênfases Curriculares, com enfoque nos processos educativos e de saúde.

MISSÃO

Promover a Psicologia enquanto ciência e profissão, através da formação de um profissional versátil, conhecedor das diversas áreas de atuação profissional da Psicologia e dos diferentes referenciais teórico-metodológicos, com a possibilidade de aprofundamento de sua formação em uma das ênfases oferecidas.

OBJETIVOS

Em termos específicos, a FACEX tem como objetivos gerais para o Curso de Psicologia fornecer:

  • Uma formação básica sólida;
  • Uma formação ampla e interdisciplinar, que prepare o psicólogo para atuar em equipe multiprofissional;
  • Uma formação científica, crítica e reflexiva e que permita uma integração efetiva entre teoria e prática;
  • Uma formação comprometida com o atendimento das demandas sociais;
  • Uma formação comprometida com a ética;
  • Uma formação que possibilite o desenvolvimento de competências para atuar nos diversos contextos de trabalho do psicólogo.

ESTRUTURA GERAL DO CURSO

O curso é estruturado em dois momentos: núcleo comum e as ênfases profissionais. Cada um destes momentos, em estreita articulação, é composto de disciplinas e estágios.

  • NÚCLEO COMUM DA FORMACÃO DO PSICÓLOGO
    Conjunto de atividades e disciplinas voltadas para desenvolver competências e habilidades que configuram a base comum da formação em Psicologia em todo o país e, portanto, fundamental para o desenvolvimento da identidade profissional.
  • ÊNFASES CURRICULARES
    Conjunto de atividades e disciplinas que configuram as prioridades assumidas pela FACEX para a formação do psicólogo e que implicam na oferta de oportunidades de aprofundamento de algumas competências básicas da formação do psicólogo.


ONDE PODE ATUAR:

Contextos organizacionais, do trabalho e educacionais, Contextos sociais não institucionalizados, Contextos de saúde como hospitais, postos e centros de saúde, ambulatórios, clinicas; nos campos de capacitação e treinamento, em organizações sociais governamentais e não governamentais que atuam em programas de educação informal, como atendimento a crianças e adolescentes em risco psicossocial; com populações institucionalizadas, como asilos, prisões e albergues. A atuação pode ocorre em qualquer contexto onde as ações nos processos de saúde e/ou educação se façam necessárias.

PERFIL PROFISSIONAL:

Espera-se que este profissional esteja apto a atuar nos diversos campos da Psicologia e em condições de construir projetos adequados às novas situações que haverá de encontrar em seu trabalho, sendo capaz de pensar, analisar e criticar as teorias e as situações práticas para intervir adequadamente nas demandas.

O profissional graduado em Psicologia poderá atuar no mercado de trabalho de acordo com uma das seguintes ênfases:

  • Psicologia e processos de atenção a Saúde - prepara o psicólogo para atuar em diferentes instituições que prestam serviços de saúde em diferentes níveis, na perspectiva de trabalho em equipe multiprofissional, ampliando o conceito de clínica tradicional.
  • Psicologia e processos educativos - é focalizado o planejamento, a execução e avaliação de programas de educação regular, continuada, formal e informal em diversos ambientes que exigem ações voltadas para a melhoria dos processos educacionais.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES:

Em termos gerais e em consonância com cada ênfase, o psicólogo deverá ser capaz de:

a) Psicologia e processos de atenção a Saúde

  • Diagnosticar necessidades de intervenção psicossocial em diferentes contextos onde ocorrem ações de saúde;
  • Planejar, executar e avaliar intervenções nos níveis primário, secundário e terciário, com base em teorias e técnicas psicológicas adequadas;
  • Atuar no sentido de promover a saúde e qualidade de vida em diferentes contextos buscando benefícios para indivíduos, grupos, organizações e comunidades.

b) Psicologia e processos educativos

  • Analisar e diagnosticar em diferentes contextos educacionais formais e não formais, problemas que exijam ações voltadas para melhoria dos processos educacionais;
  • Planejar, executar e avaliar intervenções capazes de superar problemas e dificuldades de aprendizagem individual, grupal e organizacional;
  • Atuar no sentido de promover o desenvolvimento das pessoas, grupos e organizações ampliando as oportunidades de aprendizagem.

INSTALAÇÕES

  1. Salas de aula climatizadas e adequadas ao número de alunos;
  2. Laboratórios de informática com equipamentos e softwares atualizados que promovem a vivência da gestão organizacional;
  3. Biblioteca como um vasto acervo na área de Administração e com acesso on-line;
  4. Auditórios modernos equipados com sistema de som e multimídia;
  5. Grande estacionamento;
  6. Lanchonetes;
  7. Serviço de repografia;
  8. Apoio Psicopedagógico.

AVALIAÇÃO DE ENSINO APRENDIZAGEM

O processo de avaliação é composto por duas unidades avaliativas intituladas de unidades, respectivamente, I e II. Em cada unidade, o estudante é submetido a atividades avaliativas denominadas de parcial e principal e, ao seu término, deverá integrar um valor de 10 (dez) pontos. Assim temos uma ou mais atividades avaliativas chamadas de parciais, com peso total de 3,0 (três) pontos (livremente distribuídas entre a quantidade de avaliações parciais), nas quais o professor poderá escolher a aplicação de atividades avaliativas em grupos ou individuais, sejam relatórios, seminários, trabalhos, pesquisas, dentre outros.

Para efeito de complementação da nota de cada unidade, temos a avaliação principal para todas as disciplinas regulares do currículo do curso com peso 7,0 (sete) pontos, em caráter individual, em sala de aula, dentro do calendário de provas divulgado pela coordenação do curso.

Conforme já mencionado, a cada verificação de aproveitamento de cada uma das unidades avaliativas é atribuída uma nota total, expressa em grau numérico de zero a dez. Atendidas, em qualquer caso, a frequência mínima de setenta e cinco por cento às aulas e demais atividades acadêmicas, é considerado aprovado o aluno que:

  • Obtiver nota de aproveitamento igual ou superior a 7,0 (sete), resultado da média aritmética das notas das duas unidades avaliativas realizadas no semestre letivo;
  • Mediante exame final, cuja nota obtida somada à média do primeiro semestre, corresponda à média aritmética igual ou superior a 6,0 (seis). Ressalte-se que, para o discente ser submetido ao exame final, faz-se necessário que o mesmo tenha obtido uma média semestral maior ou igual a 3,0 (três) e inferior a 7,0 (sete).
Faça já sua inscrição